• DIATOMÁCEAS (BACILLARIOPHYTA) do Pantanal brasileiro: contribuição florística de espécies depositadas em sedimentos recentes

DIATOMÁCEAS (BACILLARIOPHYTA) do Pantanal brasileiro: contribuição florística de espécies depositadas em sedimentos recentes

  • Autor(es): Margaret S. Nardelli, Priscila I. Tremarin, Denise C. Bicudo, Cláudia M.d.S Cordovil e Silvio C. Sampaio
  • ISBN: 978-65-87438-07-8
  • Disponibilidade: 12

O Pantanal Mato-grossense é a maior planície aluvial da América do Sul e compreende uma área de destacada importância devido à complexidade de habitats, da diversidade faunística e florística, portanto, é considerado Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera pela Unesco (EMBRAPA, 2007; 2014). A região pantaneira vem sendo ocupada há muitos anos pelo homem, cujos ambientes aquáticos encontram-se ameaçados pelo enriquecimento de suas águas. Este processo, conhecido como eutrofização, pode ser de origem natural e ocorrer lentamente (ANDERSON, 1995). Entretanto, a eutrofização artificial é um processo rápido de aumento da produtividade primária do ecossistema. Geralmente está associada com a atividade humana e resulta do aumento da concentração de nutrientes, principalmente do fósforo e nitrogênio, lançados por esgotos urbanos, áreas agrícolas, além dos resíduos industriais e do garimpo (RÄSÄNEN, 1986; REBOUÇAS, 1999; SMITH, 2003; DONG et al., 2007).

Informações
Ano 2021
Edição
Número de páginas 378

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.
  • R$117,00
  • R$29,00